Certamente que isto é uma grande parte da nossa dignidade... que possamos conhecer e que, através de nós, a matéria possa conhecer-se a si própria; que, começando com protões e electrões, saídos do princípio dos tempos e da vastidão do espaço, possamos começar a entender; que, organizados como estão em nós, o hidrogénio, o carbono, o nitrogénio, o oxigénio, esses 16 a 21 em elementos, a água, a luz do Sol- todos eles, tendo-se transformado em nós, possam começar a entender o que são, e como se tornaram nisso. George Wald (Prémio Nobel da Medicina e Fisiologia) (1964)

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Direitos Animais

    Palestra inspiradora de Gary Yourofsky, na íntegra, sobre direitos animais e veganismo, realizada na Universidade Georgia Tech, nos EUA, no verão de 2010. Gary Yourofsky desmitifica mitos,inunda a nossa mente com factos interessantes e ajuda-nos a fazer-mos escolhas éticas para ter-mos um coração e uma alma mais saudáveis . Seu estilo carismático de discurso é único e tem de ser visto por qualquer um que se preocupe com animais ou que deseje transformar o mundo num lugar melhor.    


    

sábado, 15 de setembro de 2012

O Alimento é Importante


" Você é o que come. Esta máxima é a base do excelente documentário Food Matters, produzido por James Colquhoun e Carlo Ledesma. O filme confronta a medicinal tradicional com a ortomolecular, a medicina baseada na nutrição. Mostra quão equivocada está a nossa maneira de tratar as doenças.
O filme também mostra o ciclo vicioso da agricultura extensiva, que acaba com os nutrientes do solo, formando plantas mais frágeis aos ataques de pestes, que acaba levando a aplicação de pesticidas, que as contaminam, que acabam envenenando quem as come, que se tornará mais fraco e buscará medicamentos.
A perda de nutrientes pelo envelhecimento da comida através do transporte e pela própria carência de minerais do solo e o processo de cozimento dessa comida, que acaba com os elementos essenciais para a vida, contribui ainda mais para esse terrível quadro nutricional "



                                         

quinta-feira, 19 de julho de 2012

CANELA

 
 
A canela tem uma longa história tanto como especiaria como medicamento.
A canela é a casca da árvore de canela, quando seca se enrola em forma de tubo, conhecido como o pau de canela. Está disponível tanto em paus, como em pó moído. Apesar de haver cerca de uma centena de variedades, a canela do Ceilão e a canela chinesa são as principais variedades consumidas. A melhor variedade é a do Ceilão que é cultivada em todo o mundo.

ATENÇÃO:
Muito cuidado, pois consumir canela demais pode aumentar a pressão arterial. A ingestão da canela, deve ser feito em pequenas quantidades e não pode ser utilizada por mulheres grávidas, pois é abortiva.

Adicione canela em sua dieta, seja em frutas, chás, café, cereais, apenas meia colher de chá de canela por dia e aproveite seus benefícios.

- Antibacteriana: Os óleos essenciais da canela ajudam a impedir o crescimento de bactérias e fungos, como a candidíase. A canela impede o desenvolvimento de leveduras resistentes ao uso de fluconazol, um medicamento antifúngico frequentemente usado.

-Conservante natural dos alimentos: Quando acrescentado aos alimentos, inibe a proliferação e crescimento bacteriano, fazendo-lhe de um conservante natural.

- O aroma da canela estimula a função cerebral: Melhora o processamento cognitivo do cérebro, estimulando o foco, a atenção, a memória, a agilidade visual e motora.

- Diminui o colesterol: Meia colher de canela por dia pode diminuir o colesterol LDL (ruim) e diminuir os triglicerídeos.

-Utilizada para combater vários problemas gastrintestinais: Como flatulência, perda de apetite, diarreia, parasitas e espasmos intestinais.

- Reduz níveis de açúcar no sangue e auxilia no tratamento da diabetes tipo dois.

- Doença cardíaca: A canela diminui os riscos de problemas da artéria coronária e pressão arterial alta.

- Previne o cancro do cólon: A combinação de cálcio e de fibra presentes na canela previne dano às células.


 

terça-feira, 3 de julho de 2012

A ação antrópica nos sons vitais do Planeta Terra

Cornelis van Dalen, num artigo intitulado "The Dawn Chorus and Life Forces" (disponível na Internet), ao fazer referência ao livro "A Pilgrimage with the Animals" (Lascelles Dr.), sugere que o coro dos pássaros, no início das manhãs, desperta a terra colocando em movimento uma série de vibrações, que reagem sobre outras formas de vida.

Ou seja, quando um organismo vivo atinge certo estado de ressonância, ela se propaga para os demais seres vivos.
O autor explora esta ideia observando que a vida na terra seria lenta e até ineficaz, caso esta primeira "explosão" de energia vibracional iniciada com o canto matinal dos pássaros não ocorresse, o que inviabilizaria, então, o efeito em cadeia (efeito de ressonância).

Mas, o que vem sucedendo ultimamente com a diversificada e preciosa gama de sons naturais -- ou "nichos sonoros" - dos vários ecossistemas, em função da constante e intensa ação antrópica? De uma contínua interferência humana que envolve uma série de acções como o desmatamento, a poluição química e sonora, a industrialização excessiva e tantas outras práticas, desvinculadas de um reconhecimento da essência sagrada da vida, do respeito e cuidado que se deve dispensar a tudo que manifesta vida?
Recentemente foi divulgado um trabalho realizado pelo artista italiano Gabo Guzzo que trouxe evidências da extinção, no Planeta, de lugares isentos de interferências de sons gerados pela ação humana.

Na opinião de cientistas como o ecologista acústico Gordon Hempton, pesquisador da Bio-Acústica, uma ciência focada nos "nichos sonoros" ou "paisagens sonoras", se não investir-se na redução da poluição sonora, brevemente não só os seres humanos, mas todos os animais da face da Terra serão fortemente atingidos.

A Mensagem em vídeo traz uma pequena síntese da importância dos sons vitais e "nichos sonoros" no desenvolvimento e manutenção de todas as formas de vida e de como estariam sendo afectados os vários ecossistemas, em função do desequilíbrio provocado pela intensa poluição sonora, através da contínua ação antrópica.



Música: Sweet People - "La Forêt Enchantée" e "Et les Oiseaux Chantaient".

 (Facebook: "Civilização Solar", Bioharmonia, "Sons e Vida" e "A preservação das abelhas").

domingo, 1 de julho de 2012

Nova Comunidade OS NOSSOS TOTEMS SÃO O NOSSO COLAPSO COMO FORAM PARA OS RAPA NUI

"No último século, metade dos pântanos existentes no mundo foram drenados. Não conhecemos nem a sua riqueza, nem o seu papel. Em 40 anos, a maior floresta tropical do mundo a Amazónia, já foi reduzida em vinte por cento. A desflorestação destrói o essencial para dar lugar ao supérfluo."




OS NOSSOS TOTEMS SÃO O NOSSO COLAPSO COMO FORAM PARA OS RAPA NUI from Nova Comunidade on Vimeo.

quinta-feira, 31 de maio de 2012

segunda-feira, 7 de maio de 2012

O leite de enzimas da alpista - acaba com a diabetes em semanas, cura a cirrose e o fígado

Os resultados iniciais são excelentes naquilo que diz respeito a um melhor funcionamento orgânico, disposição, etc.
Assim, repasso a informação, desejando que a contribuição dessa complementação alimentar seja
proveitosa a todos.
  A alpista passou por uma profunda pesquisa na Universidade Nacional do México em função
do alto valor proteico e dos seus aminoácidos estáveis que podem circular seguros e indestrutíveis pelo organismo.
A gramínea é originária do Mediterrâneo e comercializada em todo mundo apenas como alimento para pássaros domésticos.
O resultado da pesquisa revelou que a alpista tem a capacidade de recarregar e curar o organismo humano.

Também, o leite de enzimas da alpista (um copo) apresenta mais proteínas do que dois ou três quilos de carne.
Segundo os dados da universidade mexicana, as enzimas do leite da alpista desinflamam nossos órgãos,
em especial o fígado, os rins e o pâncreas.
Elas acabam com a diabetes em semanas, curam a cirrose e o fígado porque conseguem aumentar o
número dos hepatócitos.
Os rins ao serem recarregados com as enzimas da alpista passam por uma saudável diurese que elimina o
excesso de líquidos do corpo.
Também reduz a hipertensão e, por possuir a enzima lipase que dissolve rapidamente depósitos de gordura
das veias e artérias, é grande remédio contra obesidade e restaurador da tonicidade muscular.
Este leite de enzimas reduz taxas altas de colesterol e previne o afunilamento das artérias.
Como é diurético funciona em casos de cistites, abundância de substâncias nitrogenadas no sangue,
ácido úrico, gota, hipertensão arterial, edemas, sobrepeso acompanhado de retenção de líquidos, gastrites
e úlcera do estômago.
O leite de enzimas da alpista também reduz problemas relacionados com a urina, pedras nos rins e bexiga.
Por ser emoliente relaxa e abranda as partes inflamadas, além de refrescante se usado externamente em eczemas.
Consumir leite de alpista é uma injecção de saúde e uma forte vacina contra diabetes ou qualquer outra
enfermidade que ocorra por altos índices de acidez sanguínea.
Portanto, é importante consumir pelo menos dois ou três copos do leite de alpista para assegurar uma figura delgada e saudável, obviamente acompanhada por uma mente sã e leve.

Preparo do leite de enzimas de Alpista:
Pesquisando entre as diversas comunidades que existem sobre o assunto, percebi que algumas pessoas são
sensíveis à película que cobre a casca da alpista; assim, recomendo colocar sete colheres de alpista
em um litro de água; deixe a alpista de molho na água,no frigorífico (não no congelador), por 24 horas.
Após esse tempo retire-o  escoe a água e a substitua por um litro de água limpa e bata bem por uns quatro
minutos; retire os resíduos escuros que ficam sobre o leite, bata mais quatro minutos e após, coe várias vezes até que fique sem os resíduos escuros.
Bata mais uma vez só para homogeneizar.
O ideal é beber, pelos menos, dois a três copos por dia.
Nunca adicione frutas ou açúcar ao leite das enzimas.
Açúcar refinado é o veneno que destrói as enzimas e os benefícios de qualquer alimento.
Nada sobrevive ao açúcar refinado.
A acidez mata as enzimas.

Entre as inúmeras propriedades da receita caseira de leite de alpista, está a diminuição dos níveis de glicose no sangue, combate a hipertensão, diurética. Possui alto valor proteico, pois é uma rica fonte de aminoácidos e pode ser usado por atletas como complementação da dieta e também vem sendo utilizado em regimes de emagrecimento como uma receita caseira muito eficiente o leite de alpista sendo usado cerca de 20 minutos antes das refeições.
Entre outras indicações o leite de alpista pode ser usado como emoliente desinflamando partes do
organismo humano, também auxilia o funcionamento das vias urinárias e reduz os níveis de colesterol
por possuir uma enzima chamada de lipase que quebra as moléculas de gordura, use esta receita
caseira de leite de alpista para ter mais saúde.

  Dione Zardin

Foto e texto do blogue Clínica Natural Jardin - Especialistas em naturopatia e Iridologia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...